O campeão cresceu!

Nosso livro mais vendido ganha uma segunda edição com o dobro de material e muito mais assuntos, já disponível em versão digital. A versão em papel será disponibilizada em breve, conforme disponibilizado em nossa página de Livros Publicados.

CapaEVE_E2

Esta segunda edição do livro mais vendido sobre o assunto traz, além de todo o material original revisado e ampliado, conceitos de criação de valor econômico, como EVA, MVA, Goodwill, métricas de aferição por fluxo de caixa, e apresenta o conceito de Project Finance e a norma técnica brasileira (ABNT NBR) pertinente. Continue lendo “O campeão cresceu!”

Como calcular EBIT e NOPAT

Já falamos aqui sobre Custo de Oportunidade, mas vale a pena reforçar a ideia: é o quanto se deixou de ganhar por não aproveitar outras oportunidades disponíveis ao se decidir por determinada alternativa financeira. (ASSAF NETO, 2014:1) E essa comparação deve ser feita com alternativas de mesmo risco.
Portanto, o custo de oportunidade é a remuneração mínima exigida pelo investidor.
A necessidade de outros indicadores além do lucro contábil vem de suas limitações como medida de desempenho econômico, tais como:
  • Não incorpora o risco do negócio
  • Não inclui o custo de capital do acionista (custo de oportunidade)
  • É apurado pelo regime de competência, não equivale ao resultado disponível de caixa
  • Ignora o valor do dinheiro no tempo

Valor só é criado ao acionista quando as receitas de vendas superam todos os dispêndios incorridos, inclusive o custo de oportunidade do capital próprio. Este resultado adicional é conhecido por MVA (Market Value Added), ou goodwill. Por isso, gerar lucro contábil não é suficiente. Uma empresa pode ter lucro e estar destruindo valor ao mesmo tempo, se o custo de oportunidade não for superado (não remunera adequadamente o risco).

Continue lendo “Como calcular EBIT e NOPAT”

Muito obrigado.

Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários - Ricardo Trevisan (livro em papel)

Prezados leitores,

Hoje escrevo para agradecer a todos vocês por acompanhar o blog, e em especial àqueles que adquiriram os nossos livros.

Os últimos meses levaram Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários à quarta colocação entre os mais vendidos da loja Amazon para o assunto imóveis. Já estamos entre os 80 mais vendidos para Administração, Negócios e Economia. É uma marca muito acima da esperada por nós.

E não é só. Os demais livros (Introdução à administração de escritórios de arquitetura, Condomínios de casas em São Paulo e Estrutura de capital de incorporadoras brasileiras) também atingiram níveis recordes de vendas. Continue lendo “Muito obrigado.”

Livro “Estudo de Viabilidade…” com cupom de desconto

Aproveitando o clima de Carnaval, o eBook “Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários” faz parte de uma seleção de livros com direito a cupom de desconto no valor de R$5.

O leitor terá direito a R$5 de desconto na compra, inserindo o cupom CARNAVAL5 na página do livro antes de comprá-lo na Amazon.com.br. A promoção irá do dia 24 de fevereiro até 28 de fevereiro de 2017 às 23:59.

ATENÇÃO: cada leitor poderá utilizar o cupom somente UMA VEZ no site.

O que é estudo de viabilidade técnica?

Os estudos de viabilidade são compostos por todas as disciplinas que necessitem de análise prévia ao investimento. Os mais comuns são:

  • Estudo de viabilidade econômico-financeira
  • Estudo de viabilidade técnica
  • Estudo de viabilidade comercial
  • Estudo de viabilidade ambiental
  • Estudo de viabilidade política

A viabilidade técnica de um projeto imobiliário é uma análise de risco versus retorno, considerando elementos do projeto técnico (arquitetônico, legal, instalações, estrutural, ambiental, entre outros).

O estudo costuma contemplar, no mínimo: Continue lendo “O que é estudo de viabilidade técnica?”

Método involutivo de avaliação: encerramento da UPAV 2016

O congresso da UPAV 2016, realizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, foi encerrado com uma discussão acerca de aspectos polêmicos, incertezas e conciliações metodológicas do involutivo.

Eduardo Rottmann abriu a mesa de encerramento 2 (havia duas, a outra foi apresentada pelos norte-americanos Scott Robinson e Ken Wilson sobre revisões de laudos de avaliação) discutindo os motivos de se utilizar o método involutivo num contexto de forte expansão urbana no Brasil e na América Latina. Em nosso país, o Censo 2010 do IBGE já mostra mais de 80% da população urbana, concentrada em regiões metropolitanas, com planos urbanos mais complexos e restritivos.

Vivemos no período imediatamente anterior, forte expansão do mercado nacional incentivada, entre outros fatores, também pela Lei Federal 10.931 que trouxe a figura do patrimônio de afetação, que reduziu substancialmente o risco das incorporadoras. A partir de 2005, condições macroeconômicas e o amadurecimento de nossas incorporadoras, assim como do mercado de capitais nacional, fomentou uma explosão de IPOs (aberturas de capital) no setor, injetando algo em torno de 2 milhões de dólares em nossas empresas, transformando players regionais em nacionais. E junto veio uma inédita expansão do crédito, tanto a pessoas físicas quanto a jurídicas. Continue lendo “Método involutivo de avaliação: encerramento da UPAV 2016”

Livro de estudo de viabilidade de empreendimentos imobiliários em promoção

Prezados amigos leitores,

O livro digital Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários está em promoção na Amazon.com.br: você tem R$ 5 de desconto até às 23h59min do dia 7 de janeiro de 2017 para compras no site.

Para isso, basta inserir o cupom MEMORAVEL na página do livro antes de fechar a compra.

Forte abraço!

RT