Estratégia econômica da empresa nascente (startup) – conceitos

Existem várias formas de se estudar a estratégia de uma empresa nova empresa nascente, ou como está mais na moda, startup). Uma delas é pelo viés econômico, de onde vem a área da economia da estratégia.

Vamos hoje apresentar os principais conceitos desse viés de observação, começando por conceitos básicos que qualquer empreendedor precisa ter muito claro: Continue lendo “Estratégia econômica da empresa nascente (startup) – conceitos”

O esvaziamento dos centros urbanos

Segundo Flávio Villaça, o planejamento urbano no Brasil passou por quatro grandes fases entre 1875 e 1992:

  1. 1875 – 1930: Planos de embelezamento
  2. 1930 – 1965: Planos de conjunto
  3. 1965 – 1971: Planos de desenvolvimento integrado
  4. 1971 – 1992: Planos sem mapas

1930 – 1965

Período em que houve a expansão do planejamento para todo o território da cidade, ciência e técnica passaram a ser incorporados aos planos. Seus principais objetivos eram a eficiência e funcionalidade, com grande foco em saneamento e transporte. A indústria automobilística permitiu o surgimento de muitos novos bairros, e este foi um dos principais fatores contributivos para o abandono dos centros. Exemplos emblemáticos de planos deste período são o Plano de Avenidas em São Paulo (Prestes Maia) e o Plano Agache no Rio de Janeiro. O Estado Novo marcou o período com o intervencionismo estatal, a população urbana chegou a 31%, e a tendência populista buscava a facilidade para a aquisição da casa própria num sistema de vendas a crédito. Continue lendo “O esvaziamento dos centros urbanos”

1.000.000

Olá!

Mais uma vez escrevo para agradecer, mas desta vez é pelo acumulado de 9 anos e 9 meses (isso mesmo, completaremos 10 anos de existência do blog daqui a três meses). Acabamos de atingir a incrível marca de 1 milhão de visualizações! É uma grande felicidade e satisfação ver nosso trabalho ajudando a construir o futuro.

E isto só nos motiva a continuar o trabalho a cada dia, semana, mês, ano… década. Participe nos ajudando a conhecer suas necessidades para que possamos ajudar melhor.

E vamos para o segundo milhão.

Um forte abraço,

Ricardo Trevisan

Produzo ou terceirizo?

Uma das primeiras decisões que a empresa precisa tomar a respeito de qualquer atividade é se vai produzir (ela própria executar) ou comprar (terceirizar, quando dependeria de outra empresa independente para executar a atividade, talvez sob contrato).

Entretanto, estes são dois extremos de um continuum de possibilidades de integração vertical, onde há, entre os extremos, algumas possibilidades intermediárias: vizinho a “produzir”, existe a possibilidade de delegar parte ou toda a produção a subsidiárias; e vizinho a “comprar”, empresas de mercado podem unir interesses contratualmente por vários anos; e, no centro, estão as joint ventures e alianças estratégicas, onde duas ou mais empresas criam uma entidade independente formada por recursos de ambas.

Continue lendo “Produzo ou terceirizo?”

10 anos

Prezados leitores,

Começamos agora a série de postagens semanais de textos do blog num ano muito especial: em 9 de julho de 2019 completaremos 10 anos de existência! Foram quase 500 posts, que geraram até hoje 970.000 visualizações para mais de 500 seguidores.

E já estamos aqui com muita coisa especial programada para comemorar a data: nas próximas semanas você vai receber textos sobre empreendedorismo, estratégia empresarial, mercado imobiliário, fundos de investimentos, títulos e valores mobiliários, derivativos, gestão urbana de centros históricos, e isso só para citar alguns. Continue lendo “10 anos”

Livros

Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários – Segunda Edição

viabilidade

Esta segunda edição do livro mais vendido sobre o assunto traz, além de todo o material original revisado e ampliado, o dobro do material publicado na edição anterior, incluindo conceitos de criação de valor econômico, como EVA, MVA, Goodwill, métricas de aferição por fluxo de caixa, e apresenta o conceito de Project Finance e a norma técnica brasileira (ABNT NBR) pertinente. Continue lendo “Livros”