Capacidade efetiva da via e acesso a condomínios fechados


A capacidade efetiva da via é dada por:

CEfV = 525 x N x B (veículos por hora)

N: número de faixas
B: largura da faixa (em metros)

Para o acesso de condomínios, calcule o horário de pico como o total estimado do número de veículos dividido por 2 horas.

Exemplo: um condomínio horizontal com 800 casas, com uma estimativa de 3 automóveis por unidade (alto padrão, desprezando motos).

Quantidade = 800 x 3 = 2.400 veículos

Considerando faixas de 3 metros, teríamos:

2.400 = 525 x N x 3

2.400 = 1575 N

N = 1,52

Portanto, precisaríamos de 2 faixas de acesso e 2 faixas de saída. Um acesso de moradores com apenas uma faixa de entrada e uma de saída não será suficiente, e provocará congestionamentos no horário de pico, mesmo que exista outra faixa para visitantes.

Leia mais sobre condomínios fechados no livro Condomínios de casas em São Paulo: das origens à opinião dos moradores. Baixe gratuitamente o leitor de livros digitais na Amazon.

capaCHSP

Anúncios
Esse post foi publicado em Arquitetura, Design, dicas, jobs, textos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s