O que é BDI?

A construção civil tem uma particularidade em relação a outras indústrias: seus clientes exigem o detalhamento do orçamento item a item, mostrando o preço de custo de cada um. E como não há quem sobreviva vendendo a preço de custo, a incidência de indiretos e as margens devem ser, de alguma forma, adicionados ao preço de custo para que o preço de venda ao cliente final apareça na própria planilha orçamentária, pois esta é também a quantificação da proposta comercial. Para resolver esse problema, foi estabelecida a prática de criar um índice único aplicado a todos os itens do orçamento, agregando a incidência de indiretos e as margens de forma global.

Há alguns problemas conceituais com o BDI. As duas últimas letras da sigla significam Despesas Indiretas, porém o BDI inclui também os Custos Indiretos (se você não conhece a diferença, veja o post anterior). Outro problema terminológico é quando afirma que inclui “impostos”, quando inclui também outros tipos de tributos. E há alguns tipos de tributos (impostos inclusive) que NÃO estão incluídos no BDI. O Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) é um exemplo. A letra B significa benefícios ou bonificação, no sentido de margem de lucro (e não no do Lucro em si, como está em sua definição).

Mas é claro que o maior problema não é o terminológico com o BDI, e sim os que trazem consequências práticas para a construtora. E calcular um índice único para toda a produção com orçamento aberto ao cliente é o maior desafio. Cada item tem características próprias criando fortes distinções e exigências da administração central entre eles. Mas o BDI, em geral, deve ser único para todo o orçamento. Portanto, para o cálculo do índice, a empresa tem que ter uma estimativa razoavelmente precisa de seus gastos e dos retornos da obra como um pacote fechado. E precisa conhecer bem suas despesas centrais a serem diluídas entre diversas obras, assim como a margem de lucro possível frente a seu mercado.

A definição do BDI (que não é necessariamente a forma como ele é efetivamente calculado pelas construtoras) é a seguinte:

  (1 + AC + DF + R)         –   1   =  BDI
1 – (TM + TE + TF+L)

onde:

AC = taxa de administração central
DF = taxa das despesas financeiras da obra
R = taxa de risco sistemático (não diversificável) aplicado ao empreendimento
TM, TE, TF = tributos municipais, estaduais e federais (exceto IR e CSLL)
L = margem de lucro

Por que alguns elementos estão no numerador e outros no denominador?

Os itens do numerador aplicam-se diretamente aos custos diretos dos itens da obra. Estes são fáceis de entender, basta majorá-los o suficiente para que estes cubram as necessidades financeiras produzidas pela administração central, pelas despesas financeiras da obra (taxas de juros dos credores, por exemplo) e pelo risco sistemático.

Já os itens do denominador não se aplicam ao custo direto dos itens da obra, e sim ao resultado da conta que estamos fazendo, pois se aplicam ao preço de venda! O governo não tributa seus custos, e sim o valor de venda que é colocado na Nota Fiscal. Se estes itens forem colocados no numerador, o preço de venda não será suficiente para cobrir os tributos (faça uma simulação numérica e perceberá isso).

O lucro também aparece aqui no denominador por ser uma taxa incidente sobre o custo raso total do empreendimento. Se não for tratado assim, os tributos reduzirão seu valor de forma inadequada, pois há tributos específicos para o lucro (Imposto de Renda e Contribuição Social sobre Lucro Líquido) que não compõem o BDI.

*    *    *

Leia o texto completo no livro Estudo de viabilidade econômica de empreendimentos imobiliários.

Baixe gratuitamente o leitor Kindle para seu computador, iPhone ou iPad na página da Amazon.

Capa do livro

10 comentários em “O que é BDI?

  1. Caro Ricardo,
    o BDI também é usado em outros países? Se eu quisesse fazer uma comparação com um conceito equivalente nos Estados Unidos, qual seria a sigla ou o conceito? Porque o Budget Difference Income certamente não se aplica.

    1. Marcelo,

      Realmente não tem nada a ver com nosso BDI, que é Benefícios e Despesas Indiretas. Você tem que buscar um indicador de incidência de indiretos, inclusive lucro. Não sei precisar qual seria.

      Abraços,

      RT

  2. Obrigado, mas acho stupido esse conceito de BDI, se os estudos estao beim feitos, nao precisa pagar esse porcentagem. So existe aqui no Brasil, e um tipo de racket

    1. Prezado Paul,

      O BDI é a soma dos benefícios (lucro) e as despesas indiretas, conforme explicamos no texto. Portanto, é pago em qualquer lugar do mundo. O que podem ser discutido são as alíquotas de tributação sobre o consumo, que no Brasil são elevadas, além da tributação em cascata na cadeia produtiva.

      Um abraço,

      RT

    1. Prezado Guilherme,

      Se você for o empreiteiro, neste caso você deve receber R$ 1.250 (1,25 x 1.000)

      Um abraço,

      RT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.