Investir em ações vale a pena no longo prazo. Mesmo em dólar.

Repetimos sempre que o investimento em uma carteira diversificada de ações é um bom negócio no longo prazo. O que nós não sabemos é o quão longo é esse prazo. De qualquer forma, para quem pode (e deseja) esperar, o retorno é bastante compensador.

Recentemente, com a elevação das taxas de juros nos títulos públicos dos Estados Unidos, as moedas menos fortes (como o real) sofreram forte desvalorização (origem da crise na Turquia). Neste momento, há quem esteja alegando que a vantagem de longo prazo da bolsa brasileira não se reproduziria em dólar (ou outra moeda forte). Continue lendo “Investir em ações vale a pena no longo prazo. Mesmo em dólar.”

Proteja seu dinheiro: enquanto aguardamos pelo novo Brasil…

Obviamente estamos num momento de transição que extrapola a esfera política nacional. E será uma transição lenta, ao que as insistências irracionais indicam… Mas não é necessariamente um momento ruim para o investidor. Ainda somos o último peru com farofa do mundo (prestes a deixar de sê-lo), para citar o professor Delfim.

Enquanto aguardamos pelo novo Brasil que, tímido, começa a aparecer aqui e ali, ainda temos uma taxa Selic meta de 14,25% ao ano em títulos de Tesouro Direto acessíveis a qualquer um (com menos de 30 reais você entra na farra). E a reboque vem toda a enorme família italiana do CDI. O risco? Claro, os CDS estão gritando a bagunça fiscal que esse pedaço da América do Sul virou, mas a moratória que vem em nossa direção ainda se confunde com a luz no fim do túnel. Dá tempo de ganhar e sair.

E sair para onde?

Ora, já passamos por situações caricatas nesta terra no passado, estamos apenas mantendo nossa tradição. E recomendo que você olhe como foi o comportamento da Continue lendo “Proteja seu dinheiro: enquanto aguardamos pelo novo Brasil…”

Proteja seu dinheiro: onde investir no Brasil em crise

Por incrível que pareça, nunca foi tão fácil falar sobre isso. Os sinais são muito claros: inflação alta e subindo, descontrole fiscal, esforço da nova equipe econômica em retomar o controle dos indicadores fundamentais, ingerência política sobre as estatais como nunca… E Bendine na Petrobras. Vamos lá:
Continue lendo “Proteja seu dinheiro: onde investir no Brasil em crise”

Como investir sob Dilma 2

Atenção: este blog representa a opinião pessoal do autor e não traz qualquer garantia ao investidor.

Basicamente, ao que tudo indica, Dilma 2 será uma continuidade de exposição ao risco. Além disso, era a candidata que menos mudanças teoricamente traria (não incluiu reforma tributária em suas prioridades e pretende manter o intervencionismo estatal). Isso mantém a alta dos custos fixos do setor produtivo, deve elevar taxas de juros por queda de confiança internacional no Brasil e reduz a competitividade da indústria em mercados externos. Além disso, qualquer candidato que vencesse o pleito teria que enfrentar nossa precária situação fiscal.
Continue lendo “Como investir sob Dilma 2”

Proteja seu dinheiro: Copom sinaliza novo cenário para o investidor

Última ata do Copom (reunião que manteve a Selic meta em 11% ao ano) sinaliza um possível pico, com eventual redução da taxa daqui a alguns meses, se a inflação cair. Se esse cenário realmente se realizar, o momento atual será lembrado como a hora ideal para aquisição de títulos pré-fixados, como as Continue lendo “Proteja seu dinheiro: Copom sinaliza novo cenário para o investidor”