Sobre fogos e lares

Qualquer consulta à literatura portuguesa sobre urbanismo e habitação levará o leitor brasileiro (ou de outro país lusófono estrangeiro) a uma observação curiosa: as unidades habitacionais sendo descritas como “fogos”. A origem disso é fácil de se intuir, uma vez que a ideia de proteção e abrigo se associa à presença do fogo e seus diversos benefícios derivados: iluminação, aquecimento e preparo de alimentos são as principais obviedades.

Porém, é interessante também observar como isso está presente na forma brasileiro do uso de nossa língua mútua, ainda que passe despercebido em dias contemporâneos de esquecimento de algumas origens e significados semânticos. Refiro-me ao termo amplamente utilizado lar, que para nós brasileiros, associa-se a uma forma mais humana e emocional de fazermos menção à habitação.

Ocorre que lar tem o mesmo significado que fogo – daí a origem de palavras como lareira ou labaredas. A origem cultural linguística permanece até os dias atuais, a despeito da distância temporal e geográfica que nos separa da medieval formação lusitana em terras geladas ao norte do rio Douro.

Leia também:

4 comentários em “Sobre fogos e lares”

  1. É muito antigo e significativo mesmo essa associação do lar à lareira, ou ao fogo no centro dos grupos e povos primitivos nos rituais trazendo o sentido de convergência e união das pessoas! Muito importante a memória e resgate desses valores, principalmente nos dias de hoje! Tudo de bom Ricardo! Abraços Valeria Ruchti

    Curtir

    1. Olá, Valéria!

      Muito bem lembrado! Obrigado pela contribuição, bom te ver por aqui!
      Espero que sua lareira dê continuidade a estes princípios. Aproveitem!

      Abraços,

      RT

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.