Marketing para arquitetos, linha zero

Muitos escritórios de arquitetura, urbanismo e design que entram em contato conosco pedem informações sobre “como fazer marketing “. Aprofundando a conversa, logo percebemos que o desejo é, na verdade, saber como construir planos de comunicação e estratégias de captação de novos clientes. Falaremos sobre isso por aqui em breve, mas antes é importante deixar claro o que é marketing de fato, até porque essas empresas já investem (e muito!) em ferramentas de marketing e nem percebem.

Repare que o termo “marketing” não é (bem) traduzido para nossa língua. E quando se usa “mercadologia” (algo como “estudo do mercado”), o assunto deveria ser completamente diferente, pois o sentido é outro. As palavras terminadas em “ing” em inglês podem denotar atividades, ações, comportamento ativo em relação ao objeto. Assim como “surfing” não é o estudo do surf, nem “bowling” seria o estudo do boliche (mas sim a sua prática), da mesma forma, marketing significa um conjunto de conhecimentos, ferramentas e técnicas para agir no mercado otimizando as relações de troca da organização.

O marketing também não se limita à propaganda, é muito mais do que isso, onde a comunicação com o mercado é consequência de um planejamento maior com grande aderência à estratégia do escritório, e tem forte conexão com todos os aspectos gerenciais: financeiro, operacional, gestão de pessoas e inclui o desenho de produtos (bens ou serviços) oferecidos ao mercado. A propaganda é apenas uma entre quatro principais ferramentas (composto de marketing).

Através de ferramentas de marketing, o escritório diz a seu mercado o que significa sua existência, qual o seu posicionamento em relação à concorrência, que valor é oferecido, e por que o cliente deveria nós escolher em vez de nossos concorrentes.

O mais interessante para nós, é que trabalhamos quase que o tempo todo em marketing, seja para o nosso ou de nosso cliente, sem saber. Isso acontece porque das quatro principais ferramentas do composto de marketing, uma é o desenvolvimento de produtos: justamente o coração de nossa atividade profissional. Para escritórios de design então, esta relação é ainda mais direta, com a produção de design de marcas e de peças de comunicação com o mercado.

Outra das quatro principais ferramentas também é utilizada por nós constantemente sem a atenção enquanto ação de marketing: o preço. Além de se refletir em nosso ganha-pão, é uma das mais importantes formas de se comunicar com o mercado, pois diz ao potencial cliente o quanto de benefícios acreditamos estar propondo entregar (valor). Cada proposta comercial encaminhada é uma ação de marketing muito importante.

É essencial termos consciência da inter-relação entre os pontos de comunicação e de contato com o mercado, pois todos devem estar alinhados, serem coerentes entre si e refletir o objetivo estratégico do escritório. Tudo isso deve estar previsto em um plano de negócios coerente e viável.

Saiba mais em: Introdução à administração do escritório de arquitetura

51I1Lneo8CL._SY346_

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.