Por que não há bolha imobiliária no Brasil?

Quando o nível de preços de um determinado mercado sobe por um período de tempo até um ponto em que despenca repentinamente, em geral é resultado de especulação sobre um conjunto de ativos que o precificou muito acima de seu real valor de mercado. Isto é uma bolha.

Alguém disse, há um tempo, que o Brasil viveu uma “bolha de queda suave”. Você já viu uma bolha de sabão desinflar? Este comportamento não é de bolha. No caso de nosso mercado imobiliário isto acontece principalmente por dois motivos:

  1. Nosso déficit habitacional ainda é enorme, e existe mais mercado invisível que este indicador não aponta. Esta demanda constante acelera vendas quando o nível de preços se mantém ou cai, e mantém o patamar de precificação
  2. A elevação do nível de preços tem grande aderência à da renda no mesmo período, sugerindo que a precificação dos ativos não está descolada da realidade. O gráfico abaixo é bastante esclarecedor a este respeito (elaborado pelo Fipe/Zap)

2 comentários em “Por que não há bolha imobiliária no Brasil?

    1. Bernardo,

      No fim do gráfico os preços se estabilizam. Detalharemos isso num post que vai ao ar até 27 de setembro. Acompanhe o blog.

      Abraços,

      RT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.